Desliga aí!

Estava buscando temas para o post novo do blog, quando me deparei com esse texto bem bacana do Alexandre Franzolim, diretor de criação da Monkey Business, chamado “Designer, às vezes você precisará desligar o photoshop”.

Com dois exemplos bem legais, o que o Alexandre comenta é que nessa correria do dia a dia, muitas vezes nós ficamos tão vidrados e bitolados com os softwares que esquecemos do bom e velho lápis e papel.

Sair um pouco da frente do computador pode te ajudar a desenferrujar ou ativar habilidades que você nem sabia que tinha. Isso faz parte do famoso e mitológico processo criativo, mas nessa rotina louca de agências, muitas vezes perdemos a noção de que o software nada mais é do que uma extensão do nosso trabalho.

Com isso sempre me lembro de uma palestra do Alexandre Wollner, que tive a oportunidade de assistir alguns anos atrás, onde ele falava que para criar uma identidade visual, ele passava meses desenhando e rabiscando e somente nas últimas semanas do projeto ele (ou alguém de sua equipe) sentava no computador para finalizar o projeto. Isso, cerca de quatro anos atrás pra alguém que estava começando foi praticamente um choque: quer dizer que eu não preciso do computador o tempo todo? E aqueles tutoriais todos que eu aprendi?

O que os “dois Alexandres” estão tentando dizer é que não. Você realmente não precisa ficar sentado na frente do photoshop o dia todo. Isso não te faz um bom designer, mas te faz um designer dependente. O que eles querem que você faça é deixar um pouco o mouse e o teclado e entrar realmente em contato com aquilo que você está fazendo. Num exemplo muito bobo, seria como ficar descalço pra andar na grama e realmente sentir onde você está pisando.

Pegue o lápis e o papel. Pense, planeje, erre e começe tudo de novo. Explore materiais e soluções diferentes. Entre em contato com novas possibilidades pra só então, quando o prazo estiver lá no finzinho (mas não o suficiente para você estar desesperado) você passar tudo para o computador.

Nesse ponto, eu tenho algo mais a acrescentar a fala deles. Sei que talvez algumas pessoas discordem, mas se você escolheu trabalhar no mundo das agências de comunicação (com algumas exceções), o objetivo final é seguir exatamente o que eles falaram. Mas nem sempre é possível executar algo usando o processo “lápis, papel e – só depois! – software”.

“Ah, mas quer dizer que isso não existe então?”

Não, não estou dizendo isso. Você só precisa estar preparado para aqueles dias que mal vai dar pra ler o briefing ou que você e o redator vão ter que bolar algo em 30 minutos, pois o cliente está esperando 3 opções para aquela campanha. Isso acontece, e talvez não mude tão cedo.

Vai ter dias que você vai sentar na frente do computador às 9h da manhã e só vai levantar no máximo para ir ao banheiro. O lápis e o papel vão ficar encostados ali no canto da sua mesa, tristes e abandonados.

Se você está começando a carreira e sempre ouviu esse discurso como o dos dois Alexandres que citei acima, “dias sem lápis e papel” vão parecer bem frustrantes. Se você já está na estrada faz um tempo, sabe que são frustrantes mesmo.

O mais importante é você ter consciência de que coisas assim acontecem, para que nunca (nunca MESMO) isso te desanime ou desvie o foco do seu objetivo. Se cada um desenvolver um pouco mais desse processo criativo fora do software, a comunicação está feita!

Pra fechar, deixo a conclusão do texto do Franzolim que pra mim é sensacional:

Pare de começar a trabalhar direto no computador e volte a explorar suas faculdades mentais, sua habilidade manual, seu contato físico com o material.

Se perdermos o fator humano da criação, não teremos nada a não ser reproduções do mundo real que até podem ser fidedignas, mas não expressarão nem metade do que um verdadeiro trabalho com paixão pode expressar.

Nada mais humano do que a criatividade.

Photo via Visual Hunt

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s