É seu, meu e de todos nós.

em

Sabe aquele desespero que bate (só de leve) sobre o que fazer quando você ainda não tem seu portfólio logo que sai da faculdade? Resumindo em duas palavras: projetos pessoais.

Tá, mas porque isso é tão legal e tão importante? Já adianto pra você que projetos pessoais são tão importantes que devem fazer parte da sua vida inteira após a faculdade, seja você um designer, fotógrafo, artística plástico, jornalista, redator ou qualquer outra área que envolva criação.

O que te faz um profissional diferente dos outros é toda a bagagem que você acumulou nas suas experiências de vida e nos seus estudos. Ao longo dos anos de carreira cada um de nós vai desenvolvendo um estilo próprio de trabalho. Algo que nos deixa confortável e que seja prazeroso trabalhar.

Aí você pode pensar: “Ok Singulano, mas na agência que eu trabalho preciso me adaptar aos clientes e entregar o que eles necessitam e não só o que eu gosto de fazer”.

E você está certíssimo.

A beleza de começar um projeto pessoal é que é a hora de jogar tudo que você gosta e tudo que está rodando na sua cabeça a tempos pra dentro do papel e do computador.

Um exemplo muito bacana é o do Elvis Benício, designer gráfico e Head of Art da Yo.

Em uma entrevista no próprio site da agência, Benício cita seu projeto Slave que em parceria com uma fotógrafa, mais 3 profissionais (maquiador, stylish e modelo) e absolutamente nenhum fim lucrativo, rendeu a eles uma publicação na revista Push it de Londres.

Outro exemplo que ilustra bem a importância dos projetos pessoais é esse que conta a história do Ji Lee (em inglês):

screen-shot-2017-02-06-at-10-38-44

Basicamente Ji Lee estava entediado com o trabalho na sua agência de propaganda e sentia que não estava produzindo. Gastou alguns dólares do próprio bolso, imprimiu alguns balõeszinhos de fala (speech bubbles) e saiu colando sob anúncios, cartazes, posters e qualquer outro material impresso nas ruas com a única regra de nunca escrever nada, deixar que as pessoas escrevessem em cima.

O projeto deu tão certo que foi usado como inspiração pra divulgação do Duro de Matar 4.0 na época além de render milhões de visitas ao site de Lee e uma bela de uma visibilidade no mundo da internet

Lee no final do vídeo conclui algumas coisas muito interessantes sobre a importância desses projetos:

  • Projetos pessoais e profissionais se complementam: Através do Bubble Project, Lee recebeu várias propostas de emprego de outras agências que gostariam de ideias semelhantes para propôr aos seus clientes.
  • Criar plataformas é muito mais poderoso: Ao invés de criar algo e guardar só pra ele, Lee foi além e convidou outras pessoas pra participarem. Isso ajudou o projeto a ganhar relevância e destaque, além de permitir que você conheça pessoas diferentes e aumente seu repertório com a troca de ideias.
  • O tempo é relativo: A ideia de que você não vai ter tempo ou vai ser cansativo demais, vai desaparecer a partir do momento que você sentir que aquilo está divertido e prazeroso.

O último ponto que ele aborda, pra mim é o mais interessante é o “Sharing is Rewarding”. Com a internet temos que ir aos poucos abandonando esse conceito de que “a ideia é minha, só minha e de mais ninguém”. Ao compartilhar seu conhecimento e convidar outros a participar, coisas muito interessantes podem acontecer e você só tem a ganhar.

Por isso, pegue todas as ideias legais que você tem guardadas aí na sua cabeça, chame as pessoas que você tem afinidade e botem a mão na massa. Seu repertório vai crescer, você vai crescer e de quebra ainda vai fazer novos amigos.

Quem sabe não nasce outro Ji Lee por aí?

(Esse post foi publicado originalmente na coluna Start no portal Design Vale)

Anúncios

2 comentários Adicione o seu

  1. Chell disse:

    Isso é mara Singula! =D adorei muito!

    1. singulano disse:

      Obrigado Chell! Que bom que gostou! 🙂 UHU!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s