Sente sempre no banco da frente

Nosso papo de hoje é um pouco mais profundo (mas nada demais, não se assuste!), mas é um assunto necessário que vejo aparecer cada vez mais entre amigos da minha faixa etária e não necessariamente tem a ver com a área de comunicação. De certa forma é um pouco como que uma nota mental, que…

Já pensou em ser modelo?

Tenho certeza de que sua mãe, sua avó ou mesmo aquela tia que você só vê a cada 4 anos no Natal deve ter falado em algum momento da sua vida: “Nossa, você cresceu tanto! Está lindo!” E não, não é esse tipo de modelo que estou falando (mas acho que você já sacou isso,…

Um bom ano letivo

Sabe aquele friozinho na barriga que você sentia no primeiro dia de aula? Sua mochila arrumada pra ir pra escola, seu uniforme pronto. Aquela ansiedade de começar em uma nova sala de aula sem saber bem o que esperar dos novos “coleguinhas” e do novo ano letivo que vai começar. É um pouco disso que…

Ponto de fuga e perspectiva

Pelo título você pode achar que o texto de hoje vai ser um pouco mais técnico. Daqueles que eu vou ficar 800 caracteres falando como perspectiva e ponto de fuga são importantes na sua vida de assistente, diretor de arte ou designer gráfico. Calma, vai ser um pouquinho diferente. Algumas semanas atrás nós batemos um…

Desculpe o transtorno, preciso falar dos meus 30 anos

Hoje vou sair um pouquinho do foco, mas só essa semana (levemente adiantado, mas tudo bem), porque sexta-feira completo 30 anos de vida nesse planeta maluco que chamamos de Terra. Sabe aqueles textos do tipo “carta para o Singulano de 15 anos”? É basicamente isso. Eu acho. Algumas pessoas me perguntaram se estou preocupado em…

Água e óleo

Lembra aquele experimento que você faz quando criança? Aquele mesmo de pegar um copo de vidro e jogar água e óleo dentro pra ver o que acontece. O resultado já vem em 10 segundos na sua cabeça: água e óleo não se misturam. Isso é o que sempre ouvimos falar também sobre seu lado pessoal…

Um mundo mais empático

Empa o que? Oras, com certeza você já deve ter ouvido essa palavra ao menos uma vez nos últimos meses ou até nesse último ano que passou. Confesso que escutei algumas boas vezes principalmente nas últimas semanas e por isso acabei resolvendo escrever esse texto. Um trecho bem bacana de um dos artigos que eu li (link…